2016

Brother

Brother é uma criação para 7 intérpretes que estabelece uma relação de complementaridade com o anterior trabalho HU(R)MANO.

Através do mimetismo constante, gerador de movimento, comportamentos e padrões, desenvolve-se um "existir" individual ou colectivo que se regenera e se transforma com o tempo pela permanência, compromissos, catalisadores e outros.

Surgem e desvanecem-se pontes móveis entre o agora e o longínquo.

Direção artística e coreografia Marco da Silva Ferreira
Assistência da direção artística Mara Andrade
performers Anaísa Lopes, André Cabral, Cristina Planas Leitão, Duarte Valadares, Filipe Caldeira, Marco da Silva Ferreira, Max Makowski
direção técnica e desenho de luz Wilma Moutinho
música (live act) Rui Lima and Sérgio Martins
produção executiva Joana Costa Santos
produção Pensamento Avulso, associação de artes performativas
coprodução São Luiz Teatro Municipal (PT); Teatro Municipal do Porto (PT); Centre Chorégraphique National de Rillieux-la-Pape / Direction Yuval Pick (FR)
Residências Centro Cultural Vila Flor, O Espaço do Tempo, Quinta do Rio
Apoio República Portuguesa - Cultura I DGArtes – Direção-Geral das Artes and aerowaves – dance across europeu (Marco da Silva Ferreira is an Aerowaves Twenty18 Artist)
Difusão Art Happens